espaço que alicia o pensamento, particularmente o perverso
10
Abr 07
publicado por rogerio, às 00:53link do post | comentar | ver comentários (1)

 

Entre quatro paredes que me abraçam,
resguardo-me no silêncio que me arrepia
Os demónios que por mim passam,
o coração então trespassam
e abandonam-me em agonia

 

Devastado pelos pensamentos,
liberto lágrimas de dor
Recrio pequenos momentos,
feitos de nobres sentimentos
e onde me mato sem pudor


mais sobre mim
Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


arquivos
2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

2005

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO