espaço que alicia o pensamento, particularmente o perverso
22
Mar 05
publicado por rogerio, às 12:51link do post | comentar

“Memória das minhas p*tas tristes”. O título seria de todo proibitivo se o Nobel Gabriel Garcia Marquez não ostentasse tão enorme galardão e não ocupasse tão nobre estatuto?...Estou-me a lembrar de um título que foi alvo de uma contestação sem precedentes (ou pelo menos serviu, para, por momentos, reacender o tema da censura). Um espanhol, até de nome provocatório (Alvarez Rabo), escrevia há já algum tempo: “As mulheres não gostam de f***r”. Foi de resto proibida a exposição de tal ensaio sexual, em banda desenhada, numa montra em Viseu; resta saber se: porque as mulheres efectivamente gostam de f***r (e isso seria uma calúnia imensurável!), ou pela natureza brutal das suas palavras. Mais recentemente, GGM, esse extraordinário escritor, contemplar-nos-ia com a já referida “Memória das minhas p*tas tristes”. Haverá diferença substancial entre estes títulos?...Em França, um pretenso filme convencional, mas de cariz puramente pornográfic*, saltava timidamente para os escaparates das salas de cinema…tendo sido proibido na maior parte delas. “Bais*-moi”, assim se chamava o filme, que, traduzido à letra (forma pouco portuguesa), daria algo do tipo: “F***-me”, ou “Fuc*-me”, numa leitura mais universal e abrangente. Depois de assistir ao lançamento destes livros e à forma tão permissiva com que os vemos expostos nas montras das livrarias ou nas entradas dos super-mercados, perto de todo o tipo de olhares, apetece-me escrever alguma coisa que chame a atenção do leitor e que o permita lançar um risinho contido, fazendo-o até pestanejar, incrédulo, perante título tão originalmente invulgar. E que tal: “A p*ta virgem”, ou…”Os sete filhos do capad*”? …é só uma ideia! … Se me criticarem pela escolha tão infeliz do título ou pela forma tão grosseira de abordar o tema, sempre posso utilizar o típico discurso da minoria injustiçada, tão habituada a falar de “liberdade de expressão” e do pós-vinte e cinco de Abril.


Tornei a passar...lembrei-me... ;)
Menina_marota a 29 de Agosto de 2005 às 11:42

Passei... ;-)
Menina_marota a 2 de Junho de 2005 às 12:30

Passei... dê notícias... esta coisa de nos afeiçoarmos a fantasmas!!! Tem que acabar!! Dê notícias homem!!

Um abraço onde estiver :-)
Menina_marota a 28 de Maio de 2005 às 19:26

Toc.Toc.
Está alguém desse lado?
Lus a 29 de Abril de 2005 às 19:25

Tenho passado por aqui, mas o Sr. Director nunca está cá...

Está tudo bem consigo?

Vá dando notícias...

Abraço :-)
Menina_marota a 14 de Abril de 2005 às 22:56

Quem diz a verdade, não merece açoites... eheheh

Mas hoje, saí do meu "buraco" e vim desejar-te uma Páscoa Feliz, o que significa para mim, um dia calmo, passado em família, comendo uns docitos, olhando o mar, enquanto a chuva bate miudinha na janela. E, especialmente ouvindo a música da Era, no CD "The Very Best Of" e o seu "Ameno"...

Que tenhas um dia Feliz...

Abraço ternurento :-)
Menina_marota a 26 de Março de 2005 às 17:07

Bem, sim senhor, um assunto bem abordado! Lembro-me perfeitamente da polémica causada na papelaria em Viseu! Sinceramente o q eu acho é q hoje em dia quem é grande tem direito total à liberdade de expressão e quem é pequeno n se pode esticar pq a cama é curta! É este o mundo em q vivemos... e será sempre assim!
missantipatia a 23 de Março de 2005 às 18:33

Aleluia! Aleluia! Aaaaleeeeluuuuuiiaaaaa!!!
:-)
Lus a 22 de Março de 2005 às 18:43

mais sobre mim
Março 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


arquivos
2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

2005

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO