espaço que alicia o pensamento, particularmente o perverso
17
Jan 05
publicado por rogerio, às 19:26link do post
Romário, em declarações a mais de meia dúzia de jornais e televisões brasileiras, e depois de saber, por fontes fidedignas, que Pelé achava que este deveria abandonar a carreira futebolística, acabaria invariavelmente por ofender o mago do futebol mundial, com acusações tão directas e ofensivas como as seguintes: “Pelé calado é um poeta…” ou “Ele só diz merda!”. É claro que pelo meio ainda teve tempo para elogiar o seu homólogo, atribuindo-lhe o estatuto de “Deus do Futebol” e “Grande ícone brasileiro”.
Dias antes, Romário dizia que iria abandonar definitivamente a sua carreira, facto que desmentiria naturalmente no dia seguinte.
Depois de Maradona, é a vez de Romário se juntar ao grupo restrito dos ‘amigos da cocaína’. As suas declarações são infames e reprováveis, para além de ilógicas e pouco entendidas, algo que só se poderá explicar com o consumo excessivo de drogas pesadas. É claro que isto não passa de pura especulação: o grupo dos ‘amigos da cocaína’ na realidade não deve ser assim tão restrito…

(A proximidade da Colômbia explica muita coisa…)

Amigo, nestas coisas...o melhor é não fazer grandes "coments". Considero a dependência uma
doença e não uma delinquência. Daí, não gosto de
atirar pedras...porque todos temos telhados de vidros e também...no melhor pano cai a nódoa...

Depois, todos tem direito à sua liberdade de expressão e à sua verdade...A nós resta-nos
manter o nosso descernimento e lucidez.

Fica bem. Beijinhos
betania a 17 de Janeiro de 2005 às 21:55

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Janeiro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

21
22

23
25
26
27
28
29

30
31


arquivos
2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

2005

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO